Como evitar as pragas urbanas em nossas residências

Como evitar as pragas urbanas em nossas residências

As pragas urbanas estão sempre em busca de água, alimento e abrigo. Três fatores indispensáveis para a sua sobrevivência que são oferecidos pelo homem. Por isso as chamamos de sinantrópicas, pois elas se beneficiam das atividades do homem para a sua sobrevivência e se adaptaram a viver muito bem com a sua presença. Mas a recíproca, na maioria dos casos, não é verdadeira. Para isso, algumas medidas simples de prevenção podem nos auxiliar a manter as pragas longe das nossas casas.

Para mantermos as pragas distantes, a limpeza e higiene é fundamental. O acúmulo de sujeira com restos de alimentos é um “prato cheio” para baratas, formigas e roedores. Devemos sempre manter o ambiente limpo, bem como locais que podem acumular gordura e restos de comida como pia, fogão, utensílios e eletrodomésticos. Outro cuidado relacionado, é evitar fazer as refeições no sofá, cama ou na frente do computador. Pequenos farelos que caem e nem percebemos, já são o suficiente para atrair insetos.

Ainda falando em alimentos, devemos ter cuidado com a sua armazenagem. Procurar acondicioná-los em armários limpos e sem frestas, dentro de embalagens ou potes bem vedados. Em relação as frutas, o aconselhado é mantê-las na geladeira e nunca em fruteiras muito próximas ao chão. Além disso, devemos ter cuidado na hora de transportamos caixas e embalagens com mais de uma unidade do supermercado para casa. Podemos estar trazendo junto formigas, baratas e até algum camundongo.

Impedir o acesso das pragas para o interior dos ambientes, é outra medida importante. Ao optarmos por ralos com o sistema abre/fecha, podemos deixá-los fechados quando não estão sendo usados, evitando que baratas e formigas entrem pelos canos de esgoto. O mesmo também serve para evitar a presença daquelas pequenas mosquinhas que costumam ficar por ali. Outra medida para impedir o acesso, é procurar vedar qualquer tipo de fresta ou acesso para o interior do local. Aquela pequena fresta na estrutura da abertura da janela ou da porta, a plaquinha do interruptor/tomada que falta pode ser a porta de entrada para visitas indesejadas. E você sabe aquele pedacinho de rejunte que falta na parede da cozinha que você nem nota de tão pequeno? Ali pode ser o abrigo de incontáveis formiguinhas.

Na área externa, devemos seguir a mesma regra da limpeza. Manter a grama cortada e plantas podadas, evitam o aparecimento de aranhas. Já a presença de entulhos e restos de materiais de construção, podem propiciar um bom ambiente para os escorpiões. Além disso, se houver locais onde pode acumular água, certamente mosquitos aparecerão (inclusive o Aedes aegytpti, vetor de várias doenças). Neste caso vale lembrar também da caixa d’água, que deve estar limpa e bem tampada. Como queremos evitar estas presenças, devemos manter o pátio limpo e organizado, para não oferecermos abrigo e nem locais de reprodução para as pragas.

Quanto a armazenagem do lixo, ele deve estar sempre em sacos apropriados e em lixeiras bem tampadas. É importante ficarmos atentos aos dias da coleta de lixo. Pois ao deixarmos os sacos de lixo expostos enquanto aguardamos serem coletados, eles podem estar atraindo baratas, formigas, moscas e roedores para a frente da sua casa.

Com algumas medidas simples de prevenção, podemos evitar muitos transtornos devido à presença de pragas. Nada com muito investimento financeiro, mas sim, com pequenas mudanças de hábitos e organização. Entretanto, se as medidas preventivas já não forem mais eficazes para evitar as pragas devido a um alto grau de infestação, não devemos hesitar em ir em busca de uma empresa especializada para resolver este problema com segurança e garantia de bons resultados.

Rua Benjamin Constant, 1085,
Centro – Ijuí/RS
55 3331.1013